Feiras de outono na China

A mais famosa delas é a Canton Fair, mas existem outras menos conhecidas

Por Milton Pomar

Durante o outono ocorrem feiras importantes na China, nas três maiores cidades (Beijing, Shanghai e Guangzhou) do país, e em outras menos conhecidas, mas tão importantes do ponto de vista comercial, como Yiwu (província de Zhejiang), localizada a 300 quilômetros de Shanghai. Quase todas elas aceitam estandes de empresas estrangeiras. A mais famosa delas é a Canton Fair, em Guangzhou, na região sul (próxima a Macau e Hong Kong), já em sua 120ª edição. O evento se estende de 15 de outubro a 4 de novembro. Entre 15 a 19, é a vez dos eletrônicos, equipamentos elétricos, máquinas, ferramentas, produtos químicos, materiais de construção e do pavilhão internacional. Entre 23 a 27 são estandes de presentes, bens de consumo e materiais de decoração. Por fim, de 31 a 4, sapatos, produtos de saúde, materiais de escritório e alimentos. 

Concorrendo com a Canton Fair, a 22ª Feira de Commodities de Yiwu se concentra entre os dias 21 a 25 de outubro. São 4.500 estandes, incluindo pavilhão internacional, com hardware, mecatrônica, eletrônicos, brinquedos, acessórios de ornamentação, maquinários, material de escritório etc. A Yiwu Fair afirma receber mais de 200 mil compradores de 200 países e regiões.

Poucos dias depois (1º a 4 de novembro) ocorrerá em Yiwu a 9ª edição da China Yiwu International Forest Products Fair – a feira do setor de produtos florestais e de tudo sobre bambu.  Nos dias 20 e 21 de outubro, em Beijing, ocorrerá a 8ª edição da China Overseas Investment Fair, no Beijing Exhibition Center, área central da cidade. Essa feira ainda é pequena, mas se firma em seu propósito de divulgar as empresas chinesas que querem investir em outros países. Na sua edição de 2013, o Rio Grande do Sul colocou estande (em frente ao da Argentina). O governo gaúcho apresentou o Estado para investidores em potencial em dois eventos, distribuiu material promocional e atendeu muitos visitantes interessados.

A poderosa Shanghai inicia novembro com a 18ª CIIF 2016 – China International Industry Fair, de 1º a 5 de novembro. É uma feira impressionante com máquinas e equipamentos automatizados, equipamentos e tecnologia de proteção ambiental, tecnologia de comunicação, robótica, tecnologia aeronáutica e aeroespacial. 

Além dessas, que já visitei mais de uma vez, e por isso posso assegurar que valem o investimento de visitar e de colocar estande, há várias outras, para as quais é melhor tomar o cuidado antes de verificar, nos respectivos sites, quais foram as companhias expositoras nas edições anteriores e o volume de negócios realizados. 


leia também

15 anos da China na OMC - Poderá o Brasil enfrentar o seu maior parceiro comercial?

A briga dos EUA com a China beneficiará o Brasil? - Os dois países têm estratégias claras e mercados consumidores imensos

A China atenuará o pânico em torno de sua economia? - Preocupação é se o país manterá crescimento abaixo de dois dígitos

A China é economia de mercado, quer queiramos ou não - Não podemos imaginar que ganharemos algo confrontando a maior economia do mundo com argumentos frágeis

A China fez o que o mercado queria - Corte de juros era algo esperado, mas ainda não é suficiente para ajudar na recuperação econômica, afirmam especialistas

A China rural não existe mais - A mudança do modelo de crescimento econômico continuará elevando as demandas do país mais populoso do mundo

comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: