Whirlpool anuncia que fechará capital no Brasil

Dona das marcas Brastemp e Consul comprará ações da operação brasileira

Da Redação

redacao@amanha.com.br

A Whirlpool do Brasil informou que a controladora da companhia, a norte-americana Whirlpool (foto), pretende realizar uma oferta pública para compra de até 100% das ações ordinárias e preferenciais da operação brasileira. O objetivo é fechar o capital da empresa. Ao mesmo tempo, a multinacional anunciou que também fechará o capital da Brasmotor. Com a operação, a Brasmotor sairá do segmento tradicional de negociação da BM&FBovespa. No país, a empresa é dona das marcas Brastemp e Consul. 

Em fato relevante, a Whirpool informou que pretende pagar R$ 3,31 por ação ordinária ou preferencial. A oferta representa prêmio de 36,9% para o papel ON e 32,3% para o PN, tomando como base o preço médio ponderado pelo volume dos últimos 30 dias. De acordo com o laudo de avaliação, o banco Santander apurou o valor das ações ordinárias e preferenciais de emissão da Whirlpool do Brasil no intervalo entre R$ 3,01 e R$ 3,31, com a controladora propondo pagar a faixa máxima de preço.

A implementação da oferta, segundo aviso ao mercado, ainda está sujeita à aprovação do pedido de registro pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e condicionada à aceitação da oferta e concordância expressa com o cancelamento de registro por acionistas que representem mais de dois terços das ações em circulação. “A Whirlpool do Brasil e outras sociedades integrantes do Grupo Whirlpool já são titulares, direta ou indiretamente, de mais de 95% do capital social total da companhia”, relata Arthur Henrique de Aguiar Cançado Azevedo, diretor de relações com investidores da companhia em comunicado. 

Só no Brasil, a Whirlpool conta com três unidades fabris – uma delas em Joinville (SC). A multinacional possui ainda quatro centros de tecnologia, dois centros de distribuição e um centro administrativo. A Whirlpool é um dos 12 cases do livro “Empresas que Inspiram”, lançado pelo Instituto AMANHÃ em junho. A publicação mostra como grandes empresas do Sul do Brasil, que se destacaram ao longo dos primeiros dez anos do projeto Campeãs de Inovação (leia mais detalhes aqui). Para adquirir esta e outras publicações, entre em contato com a AMANHÃ pelo fone 51 3230.3508, ou pelo e-mail contato@amanha.com.br. 


leia também

A Cetip é a ação de dividendos mais indicada para compra - Cinco corretoras recomendam o papel da empresa do setor financeiro

Ações da Marcopolo podem valorizar mais de 50% - Fabricante de ônibus faz parte da carteira da Planner

Ações da Petrobras fecham abaixo de R$ 5 pela primeira vez em 13 anos - O Ibovespa encerrou o dia no menor nível desde março de 2009, no auge da crise do crédito imobiliário nos EUA

Agora é hora de comprar ações de mineradoras - Morgan Stanley também aposta em papéis de mercados emergentes

Ampliação da vantagem de Bolsonaro faz dólar recuar - Bolsa fecha a terça em alta com publicação de pesquisas

Analista recomenda compra de ações da Localiza - Para Pedro Galdi, empresa pode ter um melhor desempenho no futuro

comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: