Rodrigo Loures deve assumir Usina de Itaipu

Ex-presidente da Fiep foi indicado para ser novo diretor-geral

Da Redação

redacao@amanha.com.br

O ex-presidente da Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep) Rodrigo Costa da Rocha Loures foi indicado para ser o novo diretor-geral brasileiro da Usina de Itaipu (PR). O empresário, pai do chefe da Secretaria de Relações Institucionais da Presidência da República Rodrigo Loures, foi nome de consenso entre os diferentes grupos partidários do estado que brigavam pela indicação desde que Michel Temer assumiu interinamente o governo federal. 

Administrador de 72 anos, Loures tem experiência como fundador e gestor da Nutrimental. Nos anos 2000, foi vice-presidente da Confederação Nacional das Indústrias (CNI) e esteve à frente da Fiep por dois mandatos, entre 2003 e 2011. 

Loures deverá substituir o também paranaense Jorge Samek, que comanda a usina desde o primeiro mandato do ex-presidente Lula, em 2003.


leia também

Brasil e Paraguai assinam declaração para duas pontes - A parte brasileira de Itaipu financiará obra no Paraná

Deputado do PR está no centro da crise envolvendo Temer - Rodrigo Loures é interlocutor para atender a interesses da JBS

Itaipu defenderá integração à rede mundial de reservas de biosfera - Programas ambientais e de sustentabilidade da usina serão apresentados em Paris

Itaipu reassume a liderança mundial em geração - O recorde se soma ao título de maior produção de energia acumulada

Itaipu será vitrine de soluções para Cidades Inteligentes - Espaço poderá ser usado por prefeitos de todo o Brasil

Itaipu terá compartilhamento de veículos elétricos - O projeto é piloto e vai atender apenas funcionários da usina

comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: