Eduardo Sattamini é o novo CEO da Tractebel Energia

Executivo substituirá Manoel Zaroni Torres

Da Redação

redacao@amanha.com.br

A geradora Tractebel Energia terá como novo diretor presidente o atual diretor financeiro e de relações com investidores, Eduardo Sattamini (foto), que foi eleito por unanimidade de acordo com ata de reunião do Conselho de Administração divulgada na terça-feira (31). Sattamini, que acumulará os cargos até a definição de novo executivo para a diretoria financeira, substitui Manoel Zaroni Torres, que ocupava desde 1999 a presidência da elétrica, que é controlada pela francesa Engie e lidera o ranking de geradores privados no Brasil.

Na visão de Sattamini, o setor elétrico brasileiro está passando por profundas mudanças, com uma tendência mundial de desenvolvimento de energias renováveis e uma matriz energética mais dinâmica e próxima do consumidor final. Diante disso, a Tractebel Energia está acompanhando e se antecipando a estas mudanças. “Temos aumentado a nossa presença no setor eólico e solar e ingressamos este ano no segmento de geração distribuída fotovoltaica. Eu me sinto preparado e motivado para liderar a Tractebel nesta nova fase da companhia”, afirmou Sattamini.

Já Manoel Zaroni, com 18 anos de companhia, dos quais 17 no cargo de presidente, agradeceu o apoio e destacou o avanço da companhia no ranking de um dos maiores players do setor energético do país. “Agradeço a confiança dos acionistas, o apoio do Conselho de Administração, a parceria dos diretores e o trabalho e dedicação de toda a equipe, que  nesses 17 anos estiveram ao meu lado, construindo essa empresa, que está no topo do ranking do setor elétrico privado”, declarou Zaroni. A Tractebel tem 8.765 MW de capacidade instalada, sendo 85% provenientes de fontes renováveis. O portfólio diversificado é composto por 28 usinas espalhadas em todo o Brasil.


leia também

BRDE financia R$ 31,5 milhões para a Mina do Seival - Pampa Sul I receberá o minério explorado em Candiota

Confira cinco ações para lucrar com dividendos - Planner retirou recomendação de compra para Tractebel

Engie tem lucro de R$ 450,7 milhões até março - Redução de despesas financeiras influenciou resultado

Sete ações para comprar este mês - Empresas do Sul dominam carteira da corretora Inva Capital

Tractebel contrata assessoria para vender ativos - Eólicas no nordeste, além de uma PCH mineira, poderão ser negociadas

comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: