Fazenda anuncia Occhi para a Caixa e Cafarelli para o BB

Ambos são formados em Direito e especializados em finanças

Por Agência Brasil

O Ministério da Fazenda informou, no início da noite desta quarta-feira (25), os nomes indicados pelo titular da pasta, Henrique Meirelles, para assumir a presidência da Caixa Econômica Federal e do Banco do Brasil. A Caixa será comandada por Gilberto Occhi (na foto, à esquerda), ex-ministro da Integração Nacional, e o Banco do Brasil, por Paulo Cafarelli (na foto, à direita), que deve deixar a diretoria executiva da Companhia Siderúrgica Nacional (CSN).

Occhi é filiado ao PP e assumiu o Ministério da Integração Nacional no início do segundo mandato da presidente afastada Dilma Rousseff. Foi também ministro das Cidades, empossado em março de 2014. É formado em direito e tem pós-graduação na área de finanças, mercado financeiro e gestão empresarial. Gilberto Occhi é funcionário de carreira da Caixa. Uma das primeiras medidas do novo presidente será analisar um estudo interno que mostra que a CEF tem uma centena de agências deficitárias. A vice-presidência que cuida da rede recomendou o fechamento de apenas 15 delas.

Paulo Cafarelli foi secretário executivo do Ministério da Fazenda em 2014, quando o ministro era Guido Mantega. Ele também ocupou cargos no Banco do Brasil anteriormente. Os mais recentes foram os de diretor-presidente do BB Banco de Investimentos e de diretor-presidente do BB Leasing. É formado em Direito pela Pontifícia Universidade Católica de Curitiba, tem MBA em direito societário e finanças pela Fundação Getulio Vargas e mestrado em gestão e economia de negócios pela Universidade de Brasília.


leia também

comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: