Fiep considera importante anúncio feito por Meirelles

Entidade também destacou necessidade de avanço em reformas

Da Redação

redacao@amanha.com.br

O presidente da Federação das Indústrias do Paraná (Fiep), Edson Campagnolo, considerou positivas as medidas econômicas divulgadas nesta terça-feira (24) pelo ministro da Fazenda, Henrique Meirelles (foto). “O novo governo sinaliza que está preocupado com a questão fiscal, o que é importante para recuperar a confiança dos mercados, do setor produtivo e da população. “E o mais importante é que são medidas de ajuste e racionalização do gasto público, sem se recorrer, ao menos por enquanto, ao aumento de carga tributária, o que seria ainda mais prejudicial para a retomada da economia”, declarou Campagnolo.

Campagnolo também destacou o fato de o governo ter colocado na agenda do país a discussão sobre a reforma da Previdência. “Esse é um dos debates que o Brasil não pode mais adiar. Se não encontrarmos soluções para o rombo da Previdência, qualquer estratégia para colocar as contas públicas em patamares aceitáveis se mostrará infrutífera em longo prazo”, afirmou. Para ele, a busca por um consenso neste tema, como apontado pelo presidente em exercício Michel Temer, é fundamental para se chegar a uma solução viável. “É preciso também que se avance em outras reformas, como a Tributária e a Trabalhista, para que se crie um ambiente mais favorável aos negócios e à geração de emprego e renda no país”, completou.

Até o fechamento desta edição, as federações de indústria de Santa Catarina e do Rio Grande do Sul não tinham se manifestado. 


leia também

Dilma diz que sofreu segundo golpe de Estado na vida - Ex-presidente afirmou que recorrerá contra o que chamou de “fraude”

A punição virá das gôndolas? - A tentativa de boicote às marcas do Grupo J&F

A responsabilidade do Congresso - O cuidado com os recursos públicos e o respeito à restrição orçamentária deveriam ser valores da casa, opina Zeina Latif

A vingança de Camões - Massacrar o português não é passaporte para o sucesso. É só um atentado civilizacional

Ações da Braskem seguem em queda por Lava Jato - Os papéis desvalorizaram mais de 5% nesta quinta-feira

Acredite: até o lucro da Renner caiu - Clima e recessão fizeram resultado ter queda de 10,5%

comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: