Fras-le mira o exterior com aumento de capital

Companhia do Grupo Randon captou R$ 300 milhões

Por Marcos Graciani

graciani@amanha.com.br

Desde o final de abril, a fabricante de lonas de freio Fras-le (foto) tem em caixa R$ 300 milhões, fruto de uma oferta pública de ações capitaneada pela empresa. De acordo com Geraldo Santa Catharina, diretor financeiro e de relações com investidores da Randon, que controla a Fras-le, o montante será usado especialmente para expansão fora do país. A estratégia compreende, inclusive, possibilidade de fusões e aquisições no exterior. 

“É uma forma, também, de se proteger das intempéries do mercado interno”, revelou Santa Catharina ao Portal AMANHÃ sublinhando que o investimento não será feito de um só golpe. Nas contas do executivo, o aporte poderá ser feito dentro de um ou dois anos. O executivo também manifestou sua satisfação pela procura pelos papéis da companhia na época da captação dos recursos. “Isso nos deixou felizes, pois é um voto de confiança nos projetos que a Fras-le tem”, declarou. 

Os resultados da empresa comprovam o otimismo de Santa Catharina. No acumulado de janeiro a março deste ano, a receita bruta total (sem eliminações e com impostos) totalizou R$ 298 milhões. O valor é 6,7% maior do que o acumulado no mesmo período de 2015. O lucro líquido consolidado, no mesmo período, somou R$ 11,7 milhões ou 15,8% inferior ao trimestre do ano anterior. 



leia também

As armas das companhias do Sul para vencer a crise - Eis as lições de Marisol, Copel, PwC, Randon, Neodent, Digicon e Eletrosul

Fras-le celebra joint-venture com a Federal-Mogul - A transação não envolve desembolso financeiro

Geraldo Santa Catharina receberá o Equilibrista do Ano - Diretor financeiro da Randon será agraciado pelo IBEF-RS

Randon acumula receita e lucro menores em 2015 - A crise de confiança no Brasil reforça os fracos volumes de vendas

Randon celebra contrato de montagem na Etiópia - A Mesfin é a nova parceira para atendimento no Leste Africano

comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: