Grupo Gerdau vende operação de aços especiais na Espanha

Maior empresa do Sul focará em negócios com maior rentabilidade

Da Redação

redacao@amanha.com.br

A Gerdau anunciou nesta sexta-feira (20) a realização de acordo definitivo de venda de sua empresa produtora de aços especiais na Espanha para a Clerbil SL, grupo de investimento com experiência internacional formado por executivos locais da Companhia, liderados pelo atual CEO da operação, José Jainaga.

O valor da transação é de € 155 milhões (aproximadamente R$ 615 milhões), com a possibilidade de receber até € 45 milhões adicionais ao final de cinco anos, a depender do desempenho futuro do negócio. “Frente aos desafios globais da indústria do aço, estamos buscando gerar mais valor de mercado e ampliar a competitividade de nossas operações, mantendo o endividamento sob controle. Nesse contexto, a venda na Espanha está sendo realizada para que a Gerdau possa focar-se em suas empresas com maior rentabilidade. Além disso, gostaria de agradecer o empenho de nossa equipe local para enfrentar o desafiador momento em que atravessa o mercado mundial do aço”, afirma o diretor-presidente (CEO) da Gerdau, André B. Gerdau Johannpeter, em comunicado à imprensa. Na última conferência sobre os resultados do primeiro trimestre, em 4 de maio, o executivo afirmou que a companhia estudava vender alguns de seus ativos (leia mais detalhes aqui). 

“Compreendemos a decisão da Gerdau de concentrar-se em mercados com rentabilidade mais alta e aproveitamos para agradecer seu compromisso com a operação na Espanha por mais de 10 anos. Foi um período de intenso trabalho, o qual possibilitou ampliar nosso conhecimento sobre o negócio de aços especiais”, declarou o diretor-presidente (CEO) da Clerbil SL, José Jainaga, também em nota.

A empresa, que voltará a operar sob a marca Sidenor, possui fábricas no País Basco, em Cantabria e na Cataluña e escritórios comerciais na Alemanha, na França, na Itália e no Reino Unido. A capacidade instalada da companhia é de 1 milhão de toneladas por ano e fornece aços especiais para diversos setores da economia, principalmente para a indústria automotiva. Além disso, a companhia detém um dos maiores Centros de Pesquisa e Desenvolvimento do setor do aço na Europa, sendo uma referência no desenvolvimento de novas tecnologias na produção do aço. Sidenor e Gerdau continuarão colaborando com o desenvolvimento de novos produtos, particularmente aços para a indústria automotiva. A transação deverá ser concluída até julho, sujeita à análise das autoridades concorrenciais da Espanha. A Gerdau é  maior empresa da região, de acordo com o ranking 500 MAIORES DO SUL, publicado por AMANHÃ em parceria com a consultoria PwC. 

leia também

Dilma diz que sofreu segundo golpe de Estado na vida - Ex-presidente afirmou que recorrerá contra o que chamou de “fraude”

A fantástica fábrica de aço - Como a inteligência artificial, os aplicativos e os drones foram incorporados às práticas industriais da Gerdau

A punição virá das gôndolas? - A tentativa de boicote às marcas do Grupo J&F

A reestruturação da Gerdau veio na hora errada? - Transação seria negativa por causa da dívida da maior empresa do sul

A responsabilidade do Congresso - O cuidado com os recursos públicos e o respeito à restrição orçamentária deveriam ser valores da casa, opina Zeina Latif

Ações da Braskem seguem em queda por Lava Jato - Os papéis desvalorizaram mais de 5% nesta quinta-feira

comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: