Lucro das empresas de capital aberto tem queda de 33,9%

Bancos continuam tendo maior ganho no trimestre

Da Redação

redacao@amanha.com.br

O lucro líquido de 300 empresas de capital aberto brasileiras soma R$ 23,1 bilhões no primeiro trimestre. O valor é 33,9% inferior em relação ao mesmo período de 2015 quando a mesma amostra fechou com R$ 35 bilhões. A amostra não considera o resultado da Vale, já que a companhia obteve um resultado muito elevado em 2016 com relação ao ano passado, fato que distorceria o estudo. Os dados foram revelados pela Economatica, consultoria especializada em análise de investimento.

O setor bancário continua sendo o de maior lucratividade. No primeiro trimestre de 2016, 21 bancos de capital aberto tiveram R$ 14,3 bilhões de lucro, queda de 19,9% em relação ao mesmo período do ano passado. Dos 25 setores avaliados, 13 apresentam crescimento de lucratividade. No total, 19 setores têm lucro em 2016 e seis fecharam o período no vermelho. O segmento de energia elétrica é o que acumulou mais perdas entre janeiro e março (prejuízo de R$ 1,9 bilhão). 


leia também

Dilma diz que sofreu segundo golpe de Estado na vida - Ex-presidente afirmou que recorrerá contra o que chamou de “fraude”

500 MAIORES DO SUL completa 25 anos - Elaborado por AMANHÃ e PwC, ranking aponta as grandes empresas do Sul

500 MAIORES DO SUL homenageia empresas da região - Festa de premiação do ranking de AMANHÃ e PwC será no dia 5 de novembro, em Porto Alegre

500 MAIORES DO SUL reúne companhias da região - Festa de premiação de AMANHÃ e PwC congregou líderes empresariais

A punição virá das gôndolas? - A tentativa de boicote às marcas do Grupo J&F

A responsabilidade do Congresso - O cuidado com os recursos públicos e o respeito à restrição orçamentária deveriam ser valores da casa, opina Zeina Latif

comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: