Tractebel encerrará operações de usina no Sul

Por ineficiência, termelétrica de Charqueadas será fechada em agosto

Da Redação

redacao@amanha.com.br

A Tractebel irá desativar no final de agosto deste ano a Usina Termelétrica Charqueadas, localizada na região metropolitana de Porto Alegre (RS). Construída na década de 1950, a usina com capacidade de 36W está tecnologicamente defasada e com baixa eficiência, de acordo com a empresa. “As restrições que temos não são ambientais, pois a usina cumpre adequadamente com o que está previsto na Licença Ambiental. Nossas restrições são de final de vida útil dos equipamentos, pois alguns deles já estão alcançando a marca de 300 mil horas de operação”, explicou Manoel Zaroni Torres, diretor-presidente da companhia.

No ano passado, a Tractebel já havia afirmado que, devido ao seu alto custo, as operações na planta de Charqueadas não eram mais lucrativas. Em comunicado à imprensa, a empresa admitiu ter tentado um projeto de modernização, o que se mostrou economicamente inviável, principalmente por causa do preço do carvão. A usina de Charqueadas, com 54 anos, é uma das termelétricas mais antigas do País e fica localizada na denominada “região carbonífera” do Rio Grande do Sul, reconhecida pelas atividades de mineração de carvão. A Secretaria de Minas e Energia do Estado estima que cerca de 2 mil empregos possam ser afetados indiretamente devido ao fechamento da unidade.


leia também

A gigante da energia paranaense - Como a Copel usou a engenharia para vencer os limites estaduais

Aneel autoriza reajuste de tarifas de energia da região Sul - Três das cinco cooperativas terão valores reduzidos

Até 2024, 1 mi de brasileiros devem gerar energia própria - Uma residência pode obter o retorno do investimento a partir de 4 anos

BRDE financia R$ 31,5 milhões para a Mina do Seival - Pampa Sul I receberá o minério explorado em Candiota

Confira cinco ações para lucrar com dividendos - Planner retirou recomendação de compra para Tractebel

Consumo de energia caiu 1,8% em 2015, revela ONS - Subsistema Sul teve queda de 3,2% na demanda

comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: