GM demite 300 empregados na região Sul

Funcionários são desligados da planta de Gravataí

Da Redação

redacao@amanha.com.br


A General Motors demitiu funcionários da fábrica de Gravataí, no Rio Grande do Sul. A montadora informou o Sindicato dos Metalúrgicos da cidade. Os trabalhadores foram comunicados oficialmente no sábado (30), data prevista para o término do período de layoff. No total, cerca de 800 funcionários estão com o contrato de trabalho suspenso.

A fabricante de automóveis se manifestou por meio de nota. “Em dezembro de 2015, a GM iniciou um layoff para cerca de 800 empregados no Complexo Industrial de Gravataí. Durante o período do acordo, mais da metade destes empregados retornaram ao trabalho, pois a esperada recuperação do mercado, infelizmente, não aconteceu”, relata o comunicado. De acordo com a manifestação da companhia, houve queda de mais de 26% nas vendas da indústria apenas nos primeiros quatro meses deste ano.

A GM emprega no complexo 3 mil pessoas, fora as sistemistas. Mas já teve 4,5 mil. Na próxima semana, o sindicato espera ter reunião com a montadora para garantir direito dos trabalhadores.



leia também

Dilma diz que sofreu segundo golpe de Estado na vida - Ex-presidente afirmou que recorrerá contra o que chamou de “fraude”

A responsabilidade do Congresso - O cuidado com os recursos públicos e o respeito à restrição orçamentária deveriam ser valores da casa, opina Zeina Latif

A superação de crise das empresas requer uma equipe - Para Telmo Schoeler, o grupo deve elaborar plano de ações corretivas

A superfície e as profundezas da economia - Retomada poderá ser difícil dada a situação financeira empresarial

A tragédia brasileira - Consola saber, contudo, que o que não falta é trabalho

Ações da Braskem seguem em queda por Lava Jato - Os papéis desvalorizaram mais de 5% nesta quinta-feira

comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: