Mário Bianchi, da Tramontina, morre aos 88

Conselheiro ajudou empresa ser reconhecida internacionalmente

Mário Bianchi, diretor conselheiro da Tramontina, faleceu nesta sexta-feira (15) aos 88 anos. Engenheiro mecânico,  Bianchi começou a trabalhar na empresa gaucha na década de 70. Destacou-se gerenciamento da unidade de Farroupilha (RS) e por ser um dos responsáveis pela internacionalização da marca Tramontina, tendo idealizado muitos produtos que se tornaram grandes sucessos no mercado interno e externo. Nascido em Milão, Bianchi veio ao Brasil na década de 50. No país, ganhou distinções como o Título de Cidadão Honorífico de Farroupilha, o Troféu Empreendedor, o Título de Cidadão Emérito de Carlos Barbosa e o Mérito Gigia Bandeira. 


leia também

Com logo - Marcas que promovem melhoria em espaços urbanos em troca de divulgação seriam “tiranas”?

Empresas gaúchas centenárias recebem homenagem - Critério foi o apoio para o avanço da economia estadual

Top consagra Gerdau como ícone de Grande Empresa - Companhia segue triunfando, seguida por Banrisul, GM e Tramontina

Tramontina prevê melhora da economia em 2017 e 2018 - Mesmo com queda nas vendas, empresa manteve funcionários

comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: