Empresas gaúchas centenárias recebem homenagem

Critério foi o apoio para o avanço da economia estadual

Da Redação

redacao@amanha.com.br

O governador gaúcho José Ivo Sartori agraciou, nesta quinta-feira (7), empresas com mais de 100 anos de contribuição ao desenvolvimento do Estado. No total, foram homenageadas 39 organizações, das quais 33 empresas e seis veículos de comunicação. Entre elas estão grifes de peso como Gerdau, Sicredi, Oderich, Santa Clara, Neugebauer, Tramontina e Salton (veja a lista completa ao final da reportagem). 

O evento foi uma iniciativa do governo do Estado, viabilizada pela Secretaria do Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia (SDECT) e pela Junta Comercial do Rio Grande do Sul. A condecoração também teve a parceria da Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (Fiergs), Federação da Agricultura do Estado do Rio Grande do Sul (Farsul) e Federação do Comércio de Bens e de Serviços do Estado do Rio Grande do Sul (Fecomércio). 

O empresário Clóvis Tramontina falou em nome dos agraciados e ressaltou que as 39 empresas são significativas para o Rio Grande do Sul e para o país. "São marcas que precisam se reinventar e investir constantemente para chegar aos mais de 100 anos com credibilidade e reconhecimento no mercado”, sublinhou. “Para manter uma companhia sólida é necessária uma boa dose de teimosia, persistência, inovação e qualidade", refletiu Tramontina. 

Com a homenagem, o governo estadual quer destacar todos os setores da economia que têm um papel relevante para o Rio Grande do Sul. Sartori salientou que todas as homenageadas são um exemplo para o poder público. “Todas têm alguma coisa a ensinar à sociedade. Mais que congratulá-las, o governo precisa aprender com elas todos os dias”, declarou. 

Organizações homenageadas  - Empresas
Amadeo Rossi S/A – (São Leopoldo)
Arrozeira Brasileira Ltda – (Porto Alegre)
Azevedo Bento S/A – (Porto Alegre)
Banco do Brasil S/A – (Porto Alegre)
Bar e Restaurante Gambrinus Ltda – (Porto Alegre)
Biehl S/A Metalúrgica – (São Leopoldo)
Carruagens Porto-Alegrenses – (Porto Alegre)
Casa Augusto Ltda – (Porto Alegre)
Casa Masson S/A Comércio e Indústria – (Porto Alegre)
Chocolates Neugebauer Ltda – (Porto Alegre)
Companhia de Seguros Previdência do Sul – Previsul – (Porto Alegre)
Companhia Fiação e Tecidos Porto-Alegrense – (Canoas)
Companhia Predial e Agrícola S/A – (Porto Alegre)
Conservas Oderich S/A – (São Sebastião do Caí)
Cooperativa Santa Clara Ltda – (Carlos Barbosa)
Eduardo Secco S/A Comercial e Indústria – (Porto Alegre)
Endler Indústria de Carnes e Derivados Ltda – (Sapucaia do Sul)
Excelsior Alimentos S/A – (Santa Cruz do Sul)
Farina S/A Componentes Automotivos – (Bento Gonçalves)
Farmácia Van der Laan Ltda – (Porto Alegre)
Ferramentas Gerais S/A – (Porto Alegre)
Gerdau S/A – (Porto Alegre)
Germani Alimentos Ltda – (Santa Cruz do Sul)
Haenssgen S/A – Indústria e Comércio – (Cruzeiro do Sul)
Indústria e Comércio Hadrich Ltda – (Montenegro)
Laboratório Wesp Ltda – (Canoas)
Livonius Administração e Corretagem de Seguros Ltda – (Porto Alegre)
Óticas Foernges – (Porto Alegre)
Rotermund S/A Indústria e Comércio – (São Leopoldo)
Sicredi – (Porto Alegre)
Tramontina Sul S/A – (Carlos Barbosa)
Vinícola Armando Peterlongo S/A – (Bento Gonçalves)
Vinícola Salton S/A – (Bento Gonçalves)

Organizações homenageadas  - Veículos de comunicação
Correio Riograndense – (Caxias do Sul)
Jornal Gazeta de Alegrete – (Alegrete)
Jornal O Correio do Povo – (Porto Alegre)
Jornal O Progresso – (Montenegro)
Jornal O Taquaryense – (Taquari)
Jornal Diário Popular – (Pelotas)



leia também

A fantástica fábrica de aço - Como a inteligência artificial, os aplicativos e os drones foram incorporados às práticas industriais da Gerdau

A Rede quer avançar no Sul - Credenciadora do Itaú ambiciona crescer na região

A reestruturação da Gerdau veio na hora errada? - Transação seria negativa por causa da dívida da maior empresa do sul

As empresas brasileiras que podem virar “anjos caídos” - S&P revela quais companhias correm o risco de perder grau de investimento

Carf determina que Gerdau pague R$ 4 bilhões à Receita - Defesa afirmou que pode recorrer para reverter a decisão

Carf mantém autuação contra Gerdau - Empresa deve impostos sobre lucros no exterior

comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: