Mantenha e amplie seu networking

Um erro fatal é procurar as pessoas apenas quando precisa delas

Por Bernt Entschev

Não é de hoje que uma rede de contatos faz diferença na vida profissional. Isso já se sabia desde o século passado. Com as redes sociais, ficou mais fácil, mas nem por isso menos importante, manter uma rede de relacionamento que funcione a seu favor. A velocidade da comunicação torna cada ação mais eficiente e ampliada. 

Meu conselho para quem quer manter e ampliar sua rede é o seguinte: faça do seu networking uma rotina. Planeje e pense antes de agir. Tenha objetivos. Para começar, selecione entre seus amigos e conhecidos aqueles que são mais relevantes e atribua a eles uma meta de contatos, por exemplo, quinzenais. Depois vá relacionando outras pessoas e determinando prazos para contatos: mensais, bimensais, semestrais. Tenha tudo anotado e siga seu planejamento. Se possível, determine um dia e horário na sua agenda parasse dedicar a isso. 

Ao realizar seus contatos, busque trocar informações e opiniões. Participe de grupos de discussões e eventos tanto presenciais quanto virtuais. Aproveite para ampliar sua rede com as pessoas que conhecer assim. Escreva ou selecione textos com temas relevantes e envie a seus contatos por e-mail, sugerindo um retorno. E nunca, nunca deixe de responder. Quando houver um assunto que interesse especialmente a você, fale por telefone ou pessoalmente com aqueles que também possam se interessar. Esse contato é precioso. 

Um erro fatal no networking é procurar as pessoas apenas quando precisa delas, seja para uma indicação de emprego ou uma oferta de negócio. Sumir depois que consegue o objetivo é péssimo para a imagem pessoal e profissional. Ou seja, mais um motivo para manter a periodicidade de contatos.  Não deixe de lado as pequenas gentilezas: cumprimentar pelo aniversário, por exemplo, é sempre simpático. E aproveite as conexões de seus amigos para conhecer mais gente e adicionar novos contatos à sua rede. 

Em resumo, encare seu networking com seriedade e profissionalismo. 



leia também

O manual de sobrevivência para quem perdeu o emprego - A crise pode ser a oportunidade para buscar novas posições

comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: