Intenção de Investimentos da Indústria recua 12,3 pontos

O índice atingiu o menor patamar desde 2012, início da série histórica

Por Agência Brasil

Intenção de Investimentos da Indústria recua 12,3 pontos

O Indicador de Intenção de Investimentos da Indústria recuou 12,3 pontos no primeiro trimestre deste ano, na comparação com o trimestre anterior. O índice, medido pela Fundação Getulio Vargas (FGV), atingiu 72,6 pontos, o menor patamar desde o início da série histórica, no terceiro trimestre de 2012. Na comparação com o primeiro trimestre de 2015, a queda é de 28,2 pontos.

O indicador, que varia em uma escala de zero a 200, busca analisar a intenção de investimento dos empresários da indústria para os próximos 12 meses. Os valores abaixo de 100 pontos significam que a maioria das empresas prevê investir menos. No primeiro trimestre de 2016, 16,8% das empresas estão estimando investir mais nos 12 meses seguintes e 44,2% pretendem investir menos. No trimestre do ano anterior, esses percentuais haviam sido de 15,7% e 30,8%, respectivamente.


leia também

Dilma diz que sofreu segundo golpe de Estado na vida - Ex-presidente afirmou que recorrerá contra o que chamou de “fraude”

A balança da produção está mudando – de novo - Karen Reddington, CEO da FedEx Ásia Pacífico, avalia mapa global da indústria

A China fez o que o mercado queria - Corte de juros era algo esperado, mas ainda não é suficiente para ajudar na recuperação econômica, afirmam especialistas

A estabilidade do funcionalismo público é mesmo necessária? - O tema é particularmente importante no contexto de ajuste fiscal, avalia Zeina Latif

A punição virá das gôndolas? - A tentativa de boicote às marcas do Grupo J&F

A responsabilidade do Congresso - O cuidado com os recursos públicos e o respeito à restrição orçamentária deveriam ser valores da casa, opina Zeina Latif

comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: