Região Sul fechou 229 mil postos de trabalho em 2015

O Brasil registrou a perda de 1,5 milhão de vagas formais

Por Agência Brasil

Região Sul fechou 229 mil postos de trabalho em 2015

O Brasil registrou a perda de 1.542.371 postos de trabalho formal em 2015, representando queda de 3,7% em relação ao estoque (número total de empregos formais) do ano anterior. O estoque de empregos para o mês de dezembro de 2015 atingiu o total de 39.663.114, resultado inferior ao registrado em dezembro de 2014 (41,205 milhões) e de dezembro de 2013 (40,785 milhões).

Os setores que mais registraram queda foram a indústria de transformação e a construção civil - 608.878 e 416.959 vagas, respectivamente. A agropecuária foi o único setor que apresentou resultado positivo em 2015, com 9.821 postos de trabalho a mais do que no ano anterior. De acordo com o ministro do Trabalho e Previdência Social, Miguel Rossetto, o resultado é o pior já registrado desde 1992. "2015 foi um ano difícil. Os números não são bons", avaliou. "Mas as conquistas dos últimos anos estão preservadas, pois o estoque de empregos continua alto", completou. "Não é correto afirmar que 2015 destruiu as conquistas dos últimos anos. Continuamos com mercado formal elevado no país. Mesmo que os números não tenham sido positivos", reforçou Rossetto. 

Os dados mostram que todas as grandes regiões do país reduziram o nível de emprego formal: Sudeste (-891.429 postos ou -4,1%), Nordeste (-254.402 postos ou 3,7%), Sul (-229.320 postos ou -3,1%), Norte (-100.212 postos ou -5,1%) e Centro-Oeste (-67.008 postos ou -2,1%). Da mesma forma, todas as unidades da Federação apresentaram queda no contingente de vagas em 2015. As maiores retrações foram registradas em São Paulo (-466.686 postos ou -3,6%), Minas Gerais (-196.086 postos ou -4,5%), Rio de Janeiro (-183.686 postos ou -4,6%), Rio Grande do Sul (-95.173 postos ou -3,5%) e Pernambuco (-89.561 postos ou -6,4%).


leia também

Dilma diz que sofreu segundo golpe de Estado na vida - Ex-presidente afirmou que recorrerá contra o que chamou de “fraude”

"Carnaval à vista" - Embora reconheça a exuberância da festa carioca, é para o eixo Recife-Olinda que se voltam meus afetos

A China fez o que o mercado queria - Corte de juros era algo esperado, mas ainda não é suficiente para ajudar na recuperação econômica, afirmam especialistas

A estabilidade do funcionalismo público é mesmo necessária? - O tema é particularmente importante no contexto de ajuste fiscal, avalia Zeina Latif

A necessidade de controlar a internet nas empresas - O mau uso pode causar até mesmo demissão por justa causa

A profissão onde o salário pode ser de até R$ 100 mil - Síndicos profissionais administram vários condomínios ao mesmo tempo

comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: