Petrobras deve vender sua participação na petroquímica Braskem

A fatia de 36% da estatal vale hoje cerca de R$ 5,8 bilhões

Da Redação

redacao@amanha.com.br

Petrobras deve vender sua participação na petroquímica Braskem

A Petrobras deve anunciar nos próximos dias o processo de venda de sua participação total na petroquímica Braskem. A informação é da coluna Painel, publicada pela Folha de São Paulo desta quarta-feira (13). A fatia de 36% da estatal vale hoje cerca de R$ 5,8 bilhões. De acordo com o jornal, a Petrobras contratou o Bradesco como consultor financeiro para auxiliá-la na busca por interessados na participação. Grandes investidores já começaram a ser sondados.

Fundos internacionais também sinalizaram informalmente que têm interesse em olhar o projeto. A canadense Brookfield, que tem investimentos no setor lá fora, é uma das que devem pedir para analisar os dados. A Odebrecht teria preferência na compra. Alvo da Lava Jato, a empresa acumula uma alta dívida e deve ter dificuldades para fazer um lance. O BNDES também é sócio da Braskem que tem unidade no Polo Petroquímico de Triunfo, na região metropolitana de Porto Alegre. 


leia também

A governança precisa ser mais que corporativa - O país deve debater para evitar que o governo destrua o valor de empresas

A prosperidade de psicanalistas e criminalistas - Os desdobramentos das operações em curso vão escancarar certos porões onde só rara vez entrou a luz solar

Ação da Braskem segue quebrando recordes - Alta do dólar e queda dos preços do petróleo beneficiam empresa

Ações da Braskem seguem em queda por Lava Jato - Os papéis desvalorizaram mais de 5% nesta quinta-feira

Ações da Petrobras fecham abaixo de R$ 5 pela primeira vez em 13 anos - O Ibovespa encerrou o dia no menor nível desde março de 2009, no auge da crise do crédito imobiliário nos EUA

Acordo de leniência da Braskem avança - No ano passado, a petroquímica iniciou investigações internas

comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: