Aplicativo da Anatel registra problemas com celulares

Usuário relatará falhas da operadora contratada por ele

Por Agência Brasil

Aplicativo da Anatel registra problemas com celulares

Os usuários de telefonia celular já podem registrar os problemas enfrentados no dia a dia com o serviço por meio de um aplicativo da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). A nova ferramenta foi lançada nesta segunda-feira (14) e permite que os consumidores relatem dificuldades como falta de sinal, conexão lenta ou instável ou queda na conexão. Também podem ser comunicados problemas nas ligações, como queda da chamada, ligação ruim ou falta de sinal.

A funcionalidade de relatar experiências está disponível no aplicativo Anatel Serviço Móvel, lançado pela agência reguladora no ano passado. O uso do aplicativo não gera protocolo na Anatel nem substitui as reclamações feitas pelos canais oficiais da agência, mas é importante para o acompanhamento da prestação do serviço pela Anatel.

“O principal objetivo é tentar obter informações dos usuários de serviços de telecomunicações para se formar uma rede corporativa de experiências do serviço. As informações servirão de subsídio para o acompanhamento junto as operadoras e para revisão do novo modelo de gestão de qualidade”, informa a superintendente de Controle de Obrigações da Anatel, Karla Crosara. Os dados também serão encaminhados pela Anatel para as operadoras de telefonia celular.

Pelo aplicativo, o usuário só consegue relatar problemas da operadora contratada por ele. A identificação da operadora pelo aplicativo é automática.  “O objetivo não é denegrir a imagem das operadoras, mas identificar a característica das experiências de cada usurário”, acrescenta Karla. Também será possível consultar as reclamações feitas por outros usuários no aplicativo nos últimos 30 dias. O aplicativo Anatel Serviço Móvel permite consultar a qualidade do serviço das operadoras de telefonia celular, a quantidade de antenas por prestadora em cada localidade, além do histórico dos indicadores de qualidade.

O aplicativo é gratuito e está disponível para smartphones com sistemas Android, iOS e Windows Phone. Eles podem ser encontrados nas lojas de aplicativos Google Play , Apple App Store e Windows Store. Até agora foram feitos mais de 450 mil downloads do aplicativo.


leia também

A polêmica limitação da banda larga fixa - Atual cenário econômico pode dificultar busca da solução

América Latina: o pote de ouro da YellowPepper - A start-up do setor móvel pretende ganhar milhões de clientes na região

Anatel proíbe operadora de reduzir internet fixa sem aviso - Restrição pode gerar multa de R$ 150 mil a R$ 10 milhões

Aplicativo gratuito mede velocidade da internet móvel - O serviço da Proteste está disponível para Android e iOS

Brasil entra na rota de pesquisa do grafeno - Mineral poderá ser aplicado em produtos como smartphones

comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: