Petrobras e QGI entram em acordo

Montagem das plataformas será em Rio Grande (RS)

Estaleiro Rio Grande

Petrobras e QGI assinaram, nesta quinta-feira (26), os aditivos do contrato que garante a montagem de duas plataformas em Rio Grande (RS). O início das obras está previsto para março de 2016. A negociação inicial para a construção das plataformas P-75 e P-77, no valor de R$ 1,6 bilhão, havia sido firmado em 2013, mas divergências sobre valores colocaram em risco a manutenção da montagem e integração de módulos na cidade gaúcha. Durante o período de discussão entre a empresa e a estatal, chegou-se a especular que as obras seriam feitas na China. Por enquanto, não se sabe se alguma parte do processo será realizado no país asiático. Com a confirmação do projeto, a cidade de Rio Grande espera a abertura de 2 mil vagas de trabalho na reigão. 



leia também

Ações da Petrobras fecham abaixo de R$ 5 pela primeira vez em 13 anos - O Ibovespa encerrou o dia no menor nível desde março de 2009, no auge da crise do crédito imobiliário nos EUA

Acordo de leniência da Braskem avança - No ano passado, a petroquímica iniciou investigações internas

Aumento de combustíveis "é só um paliativo" - Para Flávio Conde, decisão não resolve o problema da Petrobras

BM&FBovespa tem quinto dia seguido de queda - O movimento negativo foi puxado pela Petrobras

Bolsa encerra janeiro com queda de 7% - O dólar fechou o primeiro mês do ano com alta de 1,9%

Braskem negocia acordo com Justiça dos EUA - Petroquímica é alvo de ação coletiva por irregularidades

comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: