Gratidão, a palavra mágica de John Templeton

Esta é a receita do multimilionário para formar um vasto patrimônio

Por Infomoney

John Templeton, investidor

Tony Robbins ficou famoso nos Estados Unidos e no mundo por saber o que fazer com dinheiro. Ele saiu de uma situação sem dinheiro para um patrimônio estimado em US$ 440 milhões, aconselhando algumas das pessoas mais ricas do mundo. No entanto, qual seria o segredo para a formação de seu vasto patrimônio? De acordo com o site Business Insider, a palavra que resume o segredo dos investimentos de Robbins é gratidão. Ele credita sua filosofia ao famoso investidor Sir John Templeton (foto).

Templeton transformou US$ 10 mil em bilhões durante época da 2ª Guerra Mundial. Apesar de seu sucesso massivo comprando barato e vendendo no topo, quando Robbins perguntou ao mito do mercado como ele ficou tão rico, a resposta não mencionava nada de investimentos ou mercado de ações. “Você sabe e ensina, é gratidão”, disse Templeton. Robbins então perguntou o motivo e ele explicou: “Porque se você tiver um bilhão de dólares e passar todos os dias irritado e frustrado, a qualidade da sua vida será irritada e frustrante. Mas se você está perto de ter nada, mas segue grato a qualquer coisa que tenha, então você será a pessoa mais rica que conhecerá. Não importa o quanto de dinheiro você tenha se não tiver gratidão”.


leia também

Bilionários sem propósito - Muitos não estão prontos para o usufruto da fortuna, o que os leva a resvalar para o ridículo

O pintor de Essaouïra - A falta de dinheiro gera disfunções afetivas na família quase tão graves quanto aquelas que derivam do excesso

Princípios corporativos podem perpetuar os negócios familiares - Empresas usam ativos para lucrar. Douglas McCormick, sócio da MCI Equity, afirma que as famílias deveriam fazer o mesmo

Segredos de uma mente bilionária - Empresário curitibano Carlos Martins mostra caminhos para enriquecer

Sobre os muito ricos - O destino da plutocracia povoa a imaginação de fantasias

comentarios




Américo Costa

Quando vejo esse tipo de comentário de pessoas famosas (e não tão famosas), fico um pouco assustado, pois me parece que foi tudo fácil e programado para eles – o que de fato sabemos que não é bem assim. Concordo que quanto mais focadas forem as pessoas e mais discernentes também mais fácil será alcançar os objetivos. Só que, convenhamos, essas pessoas já possuem uma certa idade e não começaram agora. Tudo isso ocorreu numa fase de mercado de capitais totalmente diferente da vivida hoje. Gostaria de ver alguém hoje com U$ 10 mil dólares fazer essa fortuna de bilhões em 10 ou 20 anos. Gostaria de aprender o segredo, pois apenas conheço aquele do trabalho árduo e diário. Apenas esse e nada mais...

Harry Fockink

A neurociência tem feito descobertas muito importantes nesse contexto. O termo correto não é gratidão, mas reciprocidade. Pois, além de gratos, são generosos e isso é uma forma "mágica" de colocar as pessoas em flow – estado mental de alta produtividade e prazer com o que se faz.

Comentar

Adicione um comentário: