Reduzir investimentos está fora de cogitação na Sanepar

Resultado ajuda a estatal a sustentar plano de investir R$ 2,7 bi até 2017

Por Ricardo Lacerda

Sanepar consegue linhas especiais de financiamento para sustentar o plano de investir R$ 2,7 bilhões até 2017

Em tempos de ajuste fiscal, são poucas as empresas do setor público que conseguem manter o ritmo de investimentos e crescimento. A Sanepar (foto), porém, aparece como uma ilustre exceção. Só em 2014, a estatal paranaense agregou 185 mil novas ligações de água e esgoto à sua rede de abastecimento, que hoje atende mais de 10,7 milhões de pessoas e se estende até a cidade catarinense de Porto União. Ao mesmo tempo, o reajuste tarifário ajudou a vitaminar a receita líquida da companhia, que encerrou 2014 em R$ 2,6 bilhões – pouco mais de 10% acima do registrado no ano anterior. De quebra, a Sanepar conquistou, mais uma vez, o título de maior empresa de Serviços Públicos do sul do país, à frente da gaúcha Corsan (veja detalhes nas tabelas abaixo).

O bom desempenho se explica pelo respaldo obtido no mercado. “A credibilidade da companhia permitiu o acesso a linhas de financiamentos que viabilizaram a execução do plano de investimentos e a obtenção de capital de giro”, diz Gustavo Fernandes Guimarães, diretor financeiro da Sanepar. E o plano é continuar nessa linha. A empresa tem a meta de investir cerca de R$ 2,7 bilhões ao longo do triênio 2015-2017. Os recursos serão aplicados em diversas frentes, como abastecimento de água, esgotamento sanitário, resíduos sólidos e geração de energia e biogás.

Até o momento, a conjuntura econômica nacional não abala os projetos da Sanepar. Mas a companhia se mostra precavida. “Considerando os resultados do primeiro semestre, verifica-se que será um ano mais desafiador”, afirma Guimarães. Em 2014, a Sanepar já teve de lidar com o aumento de alguns custos vitais para a operação, como energia elétrica e mão de obra dedicada a serviços de manutenção do sistema. E os desafios certamente serão maiores em 2015.


Maiores por Receita Líquida
Setor Classif. Geral Grupo/Empresa UF  Rec. Líq.*   Var. (%) 
1 20 Sanepar - Cia. Saneamento do Paraná PR                  2.617,04               10,42
2 38 Corsan RS                  2.015,17               11,20
3 138 Sulgás - Cia.Gás do RS RS                     863,18               15,48
4 55 Casan - Cia. Cat. Águas e San. SC                     744,70               12,84
5 139 SCGÁS - Companhia de Gás de Santa Catarina SC                     709,86                 5,98
*Em R$ milhões
Mais Rentáveis
Setor Classif. Geral Grupo/Empresa UF  Rent. Rec. Líq. (%)   Lucro Líq.* 
1 142 Rodonorte PR                       32,37             223,31
2 348 Conc. Ecovia Caminho do Mar S/A PR                       27,25               67,80
3 383 Ecosul - Rodovias do Sul RS                       26,62               55,63
4 250 Viapar - Rod. Integr. Paraná PR                       19,61               51,72
5 193 Rodovia das Cataratas S/A PR                       16,45               42,88
*Em R$ milhões

leia também

500 MAIORES DO SUL reúne companhias da região - Festa de premiação de AMANHÃ e PwC congregou líderes empresariais

Apesar da retração, Schulz conquista lucro - Empresa acumulou ganho de R$ 48 mi em 2015

As sandálias sempre novas da Grendene - Produtos lançados no último ano são responsáveis por 90% da receita

Banrisul lucra R$ 188 mi no primeiro trimestre - O resultado foi favorecido por receitas de serviços e tarifas

Banrisul lucra R$ 389,6 milhões no primeiro semestre - Valor é 14,6% maior do que o obtido no mesmo período de 2015

Banrisul soma ativos de R$ 68,9 bilhões até março - O desempenho reflete os efeitos da melhora do ambiente de risco

comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: