Livro conta trajetória de José Antonio Fernandes Martins

Volume faz parte da série Modelos de Gestão Aplicada, da AARS

Da Redação

redacao@amanha.com.br

José Antonio Fernandes Martins, vice-presidente de relações institucionais da Marcopolo, autografa livro

Foi nos céus que os caminhos de José Antonio Fernandes Martins, então gerente industrial da Albarus, e de Pedro Paulo Bellini, sócio da Carrocerias Nicola, se cruzaram. Os dois se conheceram dentro de um avião. Algum tempo depois, Bellini convidou Martins para fazer parte do quadro de funcionários da companhia, que anos mais tarde mudaria a razão social para Marcopolo – nome do primeiro ônibus monobloco do país, fabricado pela empresa de Caxias do Sul (RS).

Essa é apenas uma das histórias revelada no livro “José Antonio Fernandes Martins – Liderança e Internacionalização”, escrito por John Soprana.  A publicação foi lançada na terça-feira (10) na Feira do Livro de Porto Alegre (foto). A obra é o segundo volume da Série Modelos de Gestão Aplicada e dá continuidade a uma coletânea de estudos realizados pela Associação do Aço do Rio Grande do Sul (AASRS). Raul Randon foi o primeiro empresário a ter sua biografia apresentada na coleção que tem como principal objetivo entender e disseminar a visão empreendedora dos grandes players do setor.

Além de contar em detalhes alguns da gestão da Marcopolo, o livro também apresenta o aprendizado da fabricante de ônibus no processo de internacionalização liderado pelo “Seu Martins”, como é carinhosamente conhecido o hoje vice-presidente de relações institucionais da companhia. “É preciso que alguém atravesse a porta do desconhecido primeiro para que outros seguidores o façam com segurança. Parece um comportamento humano típico, mas Martins tem na sua história a marca da obstinação que mostra os caminhos para o sucesso, a exemplo do que fizeram Marco Polo, Vasco da Gama, Cristóvão Colombo, Américo Vespúcio e outros”, enaltece Soprana no capítulo que descreve como a companhia se tornou multinacional. 

leia também

A recuperação judicial sob o viés do investidor - Palestra em Porto Alegre nesta sexta-feira (16) tem inscrições gratuitas

A responsabilidade da gestão é ainda maior na saúde - Para Pizzato, da Unimed POA, zika é reflexo de falta de planejamento

A superação de crise das empresas requer uma equipe - Para Telmo Schoeler, o grupo deve elaborar plano de ações corretivas

A vez da inteligência na cadeia de suprimentos - A rentabilidade pode até aumentar – mesmo em tempos de crise

Ações da Marcopolo podem valorizar mais de 50% - Fabricante de ônibus faz parte da carteira da Planner

As inúmeras vantagens do “preço dinâmico” - Um estudo mostra que tarifas variáveis beneficiam o consumidor

comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: