Seival Mineração fornecerá carvão para Pampa Sul

Unidade será instalada em Candiota

Da Redação

redacao@amanha.com.br

Governo do Rio Grande do Sul e a Seival Sul Mineração, do grupo Copelmi, assinam protocolo de intenções

O governo do Estado do Rio Grande do Sul e a Seival Sul Mineração, controlada do grupo Copelmi, assinaram na manhã desta quinta-feira (22) um protocolo de intenções (foto). A companhia investirá R$ 103 milhões na implantação de uma mina e de uma unidade de britagem e processamento de carvão mineral em Candiota (RS). O empreendimento gerará 261 empregos diretos e atenderá a demanda da termelétrica Pampa Sul/Miroel Wolowski, da Tractebel Energia, que terá capacidade instalada de 340 MW (cerca de 10% da demanda atual gaúcha de energia elétrica). A usina deverá começar a operar em janeiro de 2019. 


leia também

Autogeradora aposta no mercado catarinense - Em um ano, estado representará 20% da receita

BRDE financia R$ 31,5 milhões para a Mina do Seival - Pampa Sul I receberá o minério explorado em Candiota

Copel cria empresa de comercialização de energia - Meta é aumentar atuação no mercado livre

Governo busca novos aportes para o carvão do RS - Copelmi planeja instalar parque carboquímico de mais de R$ 13 bi

Ibama embarga usina a carvão no Sul - Órgão encontrou irregularidades no Complexo Termelétrico de Candiota

Lucro da Copel recua 5,2% em 2015 - Desempenho positivo no 4º tri não reverteu queda de ganho

comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: