Fitesa lidera ranking das múltis

FDC avalia internacionalização das empresas do Sul no exterior

Da Redação

redacao@amanha.com.br

Fitesa

Não é de hoje que as empresas da região Sul cruzaram as fronteiras do Brasil e conquistaram os quatros cantos do mundo. Mas qual é a presença e qual a força dessas companhias no exterior? O Ranking das Multinacionais Brasileiras, realizado anualmente pela Fundação Dom Cabral (FDC), responde essa questão. O levantamento revela o nível de internacionalização das empresas do país e dá uma dica de como as 14 multinacionais do Paraná, de Santa Catarina e do Rio Grande do Sul estão se saindo lá fora. O ranking geral é encabeçado pela Fitesa, fabricante de nãotecidos de Gravataí (RS).

Para compor o índice de internacionalização, a FDC levou em consideração a receita gerada, os ativos e os funcionários presentes no exterior e a representatividade de cada um desses elementos no consolidado da companhia. A amostra da 10ª edição do ranking contém 48 multinacionais brasileiras, que desenvolvem atividades internacionais de manufatura, montagem e prestação de serviços ou que possuem centros de pesquisa e desenvolvimento, agências bancárias, franquias, escritórios comerciais, depósitos e centrais de distribuição no exterior.

Confira o ranking completo e, em destaque, as multinacionais da região Sul.

Posição Empresa Índice de Internacionalização
1 Fitesa 0,720
2 Construtora Norberto Odebrecht 0,644
3 InterCement 0,573
4 Gerdau 0,560
5 Stefanini 0,559
6 Marfrig 0,536
7 Artecola 0,521
8 Metalfrio 0,500
9 CZM 0,492
10 JBS 0,488
11 Magnesita 0,479
12 Minerva Foods 0,388
13 Votarantim Industrial 0,365
14 Tupy 0,361
15 Tavex/Santista 0,350
16 WEG 0,309
17 Tigre 0,304
18 Vale 0,273
19 Marcopolo 0,258
20 Embraer 0,256
21 Camil Alimentos 0,253
22 Alpargatas 0,213
23 Vicunha Têxtil 0,205
24 Construtora Andrade Gutierrez 0,194
25 Indústrias Romi 0,184
26 Construtora Camargo Corrêa 0,180
27 Neogrid 0,173
28 Natura 0,169
29 BRF 0,156
30 Ci&T Software 0,140
31 Itaú Unibanco 0,133
32 Agrale 0,118
33 Braskem 0,110
34 Petrobras 0,085
35 Klabin 0,081
36 Bematech 0,077
37 Banco do Brasil 0,063
38 Duratex 0,055
39 Randon Implementos 0,044
40 Ultrapar / Grupo Ultra 0,041
41 Banco Bradesco 0,038
42 TOTVS 0,027
43 Instituto Aquila de Gestão 0,027
44 BRQ IT Services 0,019
45 Eliane 0,015
46 MV 0,015
47 Porto Seguro 0,010
48 Cemig 0,003

A FDC também ordenou o nível de internacionalização das empresas brasileiras que possuem franquias no exterior, usando como base para calcular o índice a quantidade de unidades franqueadas, a receita com royalties e com vendas no exterior e a participação desses itens sobre o valores consolidados das companhias. Nessa listagem, aparecem as catarinenses Hering e Dudalina. 

Posição Empresa Índice de Internacionalização (%)
1 iGUi Piscinas 19,7
2 Localiza 10,9
3 Dudalina 6,8
4 Carmen Steffens 3,9
5 Depyl Action 2,6
6 Chilli Beans 2,2
7 Vivenda Camarão 1,7
8 Magrass 1,6
9 Hering 1,3
10 Giraffas 1,3
11 Puket 0,7
12 Arezzo 0,6
13 First Class 0,4
14 Bob's 0,3

leia também

A dádiva de servir à saúde - Conheça a Farmácias São João, um dos cases do livro “100 Marcas do Rio Grande”

A Gocil dá o pontapé inicial para 2020 - Empresa coloca em prática planos de expansão e diversifica negócios

A razão pela qual multinacionais têm problemas de comunicação - Dividir informações com colegas de outras partes do mundo é algo que nem sempre acontece tão bem como deveria

Aos 60 anos, Lojas Lebes chega à Santa Catarina - Rede de varejo aposta em estratégia cautelosa para crescer

Artecola: o impulso que vem de fora - Presente em sete países, empresa colhe os frutos da internacionalização

As cidades com melhor (e o pior) saneamento no Sul - Municípios do Paraná, como Londrina, destacam-se no investimento e tratamento de água e esgoto na região

comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: