Blue Ville: ao sabor da inovação

Conheça a história da empresa, case de “100 Marcas do Rio Grande"

Filial da Blue Ville, empresa retratada no livro "100 Marcas do Rio Grande"

Desde muito cedo, Maurivan e Luiz Fernando Dal Ben entenderam a importância do trabalho. Na Vila Pirapó, um pequeno povoado no interior da cidade de Tapes, na zona Sul do Rio Grande do Sul, os dois irmãos passaram boa parte da infância vendo o pai e o avô administrando, dia após dia, um engenho de arroz. Ao mesmo tempo, Maurivan e Luiz Fernando sempre respeitaram o valor do conhecimento. Em casa, a mãe – Lúcia, formada em Contabilidade – instruía os meninos para que sempre buscassem o aprimoramento através dos estudos. Esse incentivo levou Maurivan a cursar Administração na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), no começo dos anos 1980. Mas ele logo voltaria à labuta na terra, unindo-se ao irmão Luiz Fernando para assumir o empreendimento da família, em 1983. E foi nesse ano que os irmãos lançaram a sua primeira marca de arroz polido, a Damil, nome que permanece vivo até hoje e com grande aceitação em Manaus (AM). Começava, naquele momento, a trajetória de sucesso da Santalúcia S/A, uma das principais fabricantes de alimentos do país – detentora da Blue Ville, marca nascida no Rio Grande do Sul com a vocação de ganhar o mundo.

Ao formalizar a empresa, Maurivan e Luiz Fernando contaram com a participação das irmãs mais jovens, que se tornaram acionistas minoritárias. Surgia, assim, a Santalúcia S/A, uma homenagem à mãe dos fundadores. Desde o início, sempre houve uma clara opção pelo caminho da diferenciação qualitativa de seus produtos – um atributo reafirmado ao longo de toda a trajetória da empresa. Notando a forte concorrência no segmento de arroz branco, a fabricante decidiu investir no arroz do tipo parboilizado, cuja oferta, na época, era bastante restrita no Sul do país. Desde então, o arroz parboilizado é o grande símbolo da empresa.

Em 1987, o nome Blue Ville passaria a estampar as embalagens dos produtos fabricados pela empresa. Mas a popularização da marca não foi simples. Muitos foram os desafios e obstáculos para introduzi-la em nível nacional. Além do pouco volume de produção, à época, havia as inevitáveis dificuldades logísticas – levar o arroz para o restante do país era caro e complicado. Mas a Santalúcia encontrou uma saída criativa para ampliar sua participação: beneficiar e distribuir marcas de terceiros. Ao mesmo tempo, adquiriu uma frota própria de caminhões para ganhar autonomia sobre o sistema de transportes – apresentando um atrativo a mais para que os clientes buscassem seus produtos. A história se encarregaria de mostrar que a decisão foi inteligente. Nos anos seguintes, em pleno governo Collor, enquanto o país atravessava uma época difícil, de estagnação, a Santalúcia registrou um crescimento expressivo nas suas vendas – em especial, com sua marca própria, a Blue Ville. 

No final da década de 1990, a marca Blue Ville já estava consolidada no mercado do Rio Grande do Sul e dava início à entrada em novas praças – além de expandir sua linha de produtos. Como parte desse desenvolvimento, a Blue Ville deslocou sua sede e departamento de Marketing para Porto Alegre, em 1999. Enfim, a marca começava a ser reconhecida como sinônimo de qualidade e sabor diferenciado. Inclusive, muito além das fronteiras gaúchas.

Inovação e sustentabilidade
Na virada do anos 2000, cerca de 70% das vendas da Blue Ville já ocorriam fora do estado. Em ascensão contínua, a marca ampliava o sortimento de produtos e voltava a apostar na diferenciação, inovando nas variedades de arroz e em artigos pré-prontos. É nessa fase que a empresa leva às gôndolas a sua marca de feijão e algumas especialidades inéditas de arroz – um sortimento que incluía sabores de culinárias típicas, como gaúcha e japonesa, e os modelos de arroz colorido e pronto em cinco minutos. A Blue Ville passou a mirar voos ainda maiores em 2002, quando sua matriz foi transferida para São Paulo. Presente fisicamente no principal mercado do país, a companhia ganhou ainda mais representatividade, capacidade de produção e facilidade logística para a distribuição nacional. A partir de 2009, adotou uma estratégia focada no crescimento sustentável. O ideal era claro: crescer em um ritmo controlado, com boa rentabilidade e fazer-se uma marca cada vez mais valorizada.

Atualmente, a Blue Ville é líder nacional no segmento de arroz parboilizado. A marca abrange um mix de produtos inovadores e saudáveis, com mais de 30 variedades de arroz e derivados. O portfólio conta, ainda, com massas, feijões, grãos especiais, achocolatado, sagu e ração animal. A operação da empresa dispõe de quatro modernas plantas industriais, sendo três em Camaquã e uma em Recife (PE), além de quatro Centros de Distribuição estrategicamente localizados em Camaquã, Barueri (SP) e Salvador (BA). Completam a estrutura duas filiais comerciais nas cidades de Fortaleza (CE) e Rio de Janeiro (RJ).

Inspirada pelos céus
A lida diária na pequena propriedade de Vila Pirapó jamais sairia da memória dos irmãos Maurivan e Luiz Fernando Dal Ben. O nome Blue Ville vem daí: é uma homenagem às origens da família, aos primeiros passos dados no cultivo do arroz sob o radiante azul que coloria o céu. O emprego do termo no idioma inglês guarda um dos grandes sonhos da empresa: levar a marca Blue Ville para o mundo.

A identidade visual da Blue Ville traz o azul – uma referência aos céus do Rio Grande – colorindo uma elipse em laranja. O tom mais quente simboliza o trabalho diário, o esforço tão valorizado pela empresa desde sua fundação. O logotipo apresenta, ainda, o lettering em branco e o ícone de um ramo de arroz, criando a associação direta com o principal produto da marca. Os elementos circulares e os traços arredondados conferem suavidade e leveza ao conjunto, denotando a jovialidade e o caráter inovador da marca.

A atenção aos pontos de venda é a principal estratégia de marketing da Blue Ville. O trabalho nos PDVs viabiliza um contato direto com o consumidor, mantendo a marca sempre a par das tendências e anseios do mercado. Essa política resultou na criação do Espaço Gourmet Blue Ville, um restaurante onde são desenvolvidas ações de interação com o público. Com unidades em Porto Alegre e São Paulo, o Espaço Gourmet Blue Ville é uma loja-conceito projetada para oferecer inovações gastronômicas, com receitas elaboradas por uma nutricionista própria da marca.

Para ampliar essa divulgação, a Blue Ville também realiza inserções em internet e rádio – especialmente em rádio, veículo que alia baixo custo a grande penetração. Foi no rádio, aliás, que a Blue Ville encontrou um de seus melhores cases de mídia. Em 1998, a marca iniciou uma parceria de sucesso com o comunicador Sergio Zambiasi, da Rádio Farroupilha. Marcado pela enorme audiência no segmento popular, o programa de Sergio Zambiasi passou a presentear os ouvintes com cestas dos produtos Blue Ville. Mantida ainda hoje, a ação fortaleceu o recall da Blue Ville na Grande Porto Alegre, reforçando a associção da marca a valores como confiança, generosidade e uma qualidade superior acessível a todos os consumidores. Em outro movimento interessante, a Blue Ville lançou o Arroz Pluss – variedade enriquecida em ferro –, que teve Pelé como garoto-propaganda. A campanha incluiu ações diversas em PDV e merchandising em praias, praças e academias. Mas o grande sucesso foi mesmo o comercial de TV com o Rei do Futebol, veiculada em 2004. A peça fez tanto sucesso que voltou ao ar em 2006, ano da Copa do Mundo da Alemanha. 

Sempre na vanguarda
Ousar, inovar e criar alimentos diferenciados, oferecendo prazer e praticidade aos clientes. O DNA da marca Blue Ville está sintetizado na missão da empresa e na sua vocação para ser vanguarda. A companhia realiza investimentos permanentes em pesquisa e desenvolvimento para cumprir um calendário que prega o lançamento de um novo produto a cada três anos. Saudável, versátil e sem glúten, o arroz é o carro-chefe e a expertise da empresa. Mas a Blue Ville não se restringe a esse produto. Hoje, posiciona-se como uma marca de diversos tipos de alimentos.

Apostando no aprimoramento de seu quadro de funcionários – e sem abdicar dos cuidados com o meio ambiente –, a Santalúcia, dona da Blue Ville, se inclina ao futuro e tem como principal meta a internacionalização de sua principal marca. Para isso, a segunda geração da família Dal Ben já se esforça para incrementar as exportações. A receita para chegar lá está descrita na própria história da Blue Ville: combinar muito trabalho e qualidade com grandes pitadas de inovação.


leia também

A arte da conquista - Algumas das marcas mais lembradas pelos gaúchos ensinam como conquistar o exigente mercado do sul

A dádiva de servir à saúde - Conheça a Farmácias São João, um dos cases do livro “100 Marcas do Rio Grande”

A fantástica fábrica de perfumes - Saiba como surgiu a colônia Acqua Fresca, sucesso d'O Boticário

A grife gaúcha dos eletrodomésticos - Conheça a Venax, case do livro “100 Marcas do Rio Grande”

Aprendendo marketing com “De volta para o futuro” - Por que não existem ainda os skates voadores da ficção?

As marcas boas de bola do Sul - Dupla Grenal tem as grifes mais valiosas da região

comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: