Com intervenção do BC, dólar fecha acima de R$ 4,05

Moeda ampliou a queda após o resultado fiscal do governo

Da Redação

redacao@amanha.com.br

Dólar fecha acima de R$ 4,05

O dólar fechou esta terça-feira (29) em queda frente ao real. A moeda norte-americana reagiu aos leilões do Banco Central e ao anúncio do déficit menor que o esperado. O dólar comercial caiu 1,2% para R$ 4,0582. O BC voltou a intervir no câmbio ofertando US$ 2 bilhões por meio do leilão de linha com compromisso de recompra, além de vender 20 mil contratos de swap cambial em leilão extra, que totalizaram US$ 987,6 milhões.

A divisa norte-americana ampliou a queda após o resultado fiscal do governo central, que apresentou déficit primário de R$ 5 bilhões em agosto. Apesar do número ainda ser ruim, ele veio abaixo da média esperada pelo mercado. Investidores ainda acompanham a votação nesta quarta-feira (30) dos vetos da presidente Dilma Rousseff às chamadas pautas-bomba, que se derrubados aumentariam o gasto público, além da prometida reforma ministerial.



leia também

Dilma diz que sofreu segundo golpe de Estado na vida - Ex-presidente afirmou que recorrerá contra o que chamou de “fraude”

A China fez o que o mercado queria - Corte de juros era algo esperado, mas ainda não é suficiente para ajudar na recuperação econômica, afirmam especialistas

A crise no terceiro parceiro comercial do Sul - Casa Rosada anuncia pacote econômico. Indústria brasileira começa a evitar vendas a prazo na Argentina

A estabilidade do funcionalismo público é mesmo necessária? - O tema é particularmente importante no contexto de ajuste fiscal, avalia Zeina Latif

A punição virá das gôndolas? - A tentativa de boicote às marcas do Grupo J&F

A responsabilidade do Congresso - O cuidado com os recursos públicos e o respeito à restrição orçamentária deveriam ser valores da casa, opina Zeina Latif

comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: