Bertolini: do aço para a diversificação

Conheça a empresa, case do livro “100 Marcas do Rio Grande”

Unidade da Bertolini, case do livro "100 Marcas do Rio Grande"

A trajetória do Grupo Bertolini começa em 25 de agosto de 1969, em um pequeno porão em Bento Gonçalves, onde os irmãos Walter, Rui, Raul, Henrique e Antônio criaram a Metalúrgica Bertolini Ltda. A ligação da família com os metais, no entanto, data de muitos anos antes e remete à história do patriarca, Francisco Bertolini, neto de imigrantes vindos da região do Vêneto, na Itália. Francisco teve uma ferraria às margens do Rio Pedrinho, no interior da cidade, e repassou aos filhos os segredos da forja e os valores que lhes formariam o caráter.

Em seus primeiros anos, a Metalúrgica Bertolini fabricava portões, janelas e cercas. Devido à reduzida capacidade de trabalho, os pedidos aceitos chegavam a levar três meses para serem entregues. Com muita coragem, os Bertolini logo prosperaram e, assim, em 1972 a empresa instalou-se em um espaço maior: um terreno de 10 mil metros quadrados, com 1,4 mil metros quadrados de área construída. Durante esse período, no ano de 1973, expandiu sua atuação e começou a produzir e comercializar estruturas metálicas.

Em 1980, a Bertolini seguiu a vocação de Bento Gonçalves para a indústria moveleira. Mas o fez a seu modo: lançando as Cozinhas de Aço Bertolini, que seriam eleitas as melhores do país pouco tempo depois, em 1985. A repercussão foi imediata e inspirou a empresa a seguir inovando – um dos valores pelo qual a Bertolini é amplamente reconhecida Brasil afora. Passados 45 anos, o espírito empreendedor da família Bertolini transformou aquele pequeno negócio familiar no atual Grupo Bertolini, um conglomerado com sete empresas.

Êxito em todas as frentes
As Cozinhas de Aço Bertolini se consolidaram como um opção de bom gosto e qualidade. As peças, produzidas em aço, sempre chamaram a atenção por atributos como a modernidade, a versatilidade e a durabilidade maior em relação aos modelos convencionais. A linha inclui também mesas e cadeiras para o segmento corporativo. No nicho de mesas, a Bertolini oferece peças para refeitórios com estruturação, resistência e acabamento superiores. Por sua beleza e praticidade, as mesas Bertolini são frequentemente empregadas em praças de alimentação de muitos shoppings centers.

Com esses diferenciais, a marca cresceu e se diversificou. A Bertolini Sistemas de Armazenagem, criada em 1984, desenvolve soluções em estocagem, distribuição e movimentação de produtos. Ágeis, seguras e eficientes, as estruturas criadas pela empresa se adaptam às mais diversas demandas. E conta, ainda, com um departamento técnico que planeja as melhores soluções de armazenagem conforme as necessidades de cada cliente. Não por acaso, a Bertolini Sistemas de Armazenagem responde, hoje, por nada menos que 46% das receitas totais do grupo.

Seguindo essa proposta de ampliação e diversificação, desde 1994 o grupo está presente no mercado de móveis planejados por meio da marca Evviva, que fabrica peças em MDF de alto padrão. A empresa traz diferenciais de elegância, personalização, conforto e, acima de tudo, inovação – foi a primeira do país a trabalhar com a matéria-prima MDF em escala industrial. Presente em todas as regiões do país, a marca chega ao mercado nacional através de cerca de 60 lojas exclusivas.

Em 2001, a Metalúrgica Bertolini Ltda avançou de forma significativa em seu compromisso com a profissionalização da gestão e transformou-se em Bertolini S/A, uma sociedade anônima de capital fechado. Sua trajetória de crescimento teve continuidade quatro depois, em 2005, quando o grupo inaugurou um empreendimento em Recife (PE) – o primeiro fora do Rio Grande do Sul. O movimento deu certo e, em 2008, foi a vez de Aparecida de Goiânia (GO) receber uma unidade produtiva da empresa. Aos poucos, a marca se aproximou dos mercados do Norte, Nordeste e do Centro-Oeste. A expansão, aliás, trouxe desafios de logística, mas inspirou a criação da Logber Logística, cuja central de serviços conta com uma frota completa de veículos leves, semipesados e pesados, especialmente preparada para abastecer todas as filiais do grupo. 

Perpetuação do negócio
Os passos mais recentes dessa história foram dados em 2012, quando o Grupo Bertolini iniciou a criação de um complexo industrial na cidade de Colatina, no interior do Espírito Santo. Com localização estratégica, o empreendimento capixaba traz dois grandes pavilhões, totalizando 50 mil metros quadrados de área. Um deles se dedica à produção de sistemas de armazenagem e o outro, às tradicionais cozinhas de aço. O complexo foi feito sob medida para atender às necessidades atuais e futuras de todo o país, beneficiando-se das facilidades logísticas da região – que fica no coração do principal eixo econômico brasileiro. Os investimentos superaram a barreira dos R$ 80 milhões e deram mais um passo na missão de fortalecer a marca nas diferentes regiões do Brasil.

E não pararam aí. Além do complexo em Colatina, o Grupo Bertolini está honrando a tradição de inovar com duas novas empresas. Uma delas é a Usber, que nasceu para atender às necessidadess de diversos segmentos industriais, oferecendo bobinas em aço beneficiado, chapas cortadas, cortes a laser, perfis estruturais e tubos, – cujos diferenciais são o alto padrão de qualidade da matéria-prima e a flexibilidade para os mais variados formatos e bitolas. A outra é a Altber, especializada na fabricação de produtos exclusivos, peças diversas e componentes de aço.

Perseverança, transparência, disciplina e honestidade são alguns dos valores colhidos pelos Bertolini desde o berço – e mantidos vivos em cada projeto concretizado pelo grupo. Os ensinamentos trazidos de casa se associaram à fibra, ao talento e ao trabalho para fazeram da empresa familiar uma referência no mercado gaúcho e brasileiro em suas mais variadas frentes de negócio. Sempre presente, a memória dos pais e antepassados é realçada na própria logotipia da Bertolini. O lettering vermelho está aplicado em fundo branco e conta com uma abertura na letra “O”, sugerindo o bocal estilizado de uma ferramenta. O pingo esverdeado sobre a primeira letra “i” tem formato de flâmula e fecha o conjunto gráfico que remete às cores da bandeira da Itália.

O compromisso permanente com a perpetuação dos negócios levou a Bertolini a um novo formato organizacional. Desde o final de 2013, o grupo é controlado pela Bertolini S/A e pela Bertolini Participações Ltda. Apoiada em uma política de valorização dos recursos humanos, é a maior indústria geradora de empregos na cidade de Bento Gonçalves. Respeitando o meio ambiente e com a crença permanente em seu empreendedorismo e capacidade de inovação – sempre com foco na satisfação dos clientes –, o Grupo Bertolini completa, em agosto de 2014, a marca de 45 anos de uma história escrita com sucesso.

Uma trajetória que se apoia na combinação desses princípios para edificar a perpetuação do negócio – em um futuro que promete ainda mais oportunidades de expansão e de crescimento.

leia também

A arte da conquista - Algumas das marcas mais lembradas pelos gaúchos ensinam como conquistar o exigente mercado do sul

A dádiva de servir à saúde - Conheça a Farmácias São João, um dos cases do livro “100 Marcas do Rio Grande”

A fantástica fábrica de perfumes - Saiba como surgiu a colônia Acqua Fresca, sucesso d'O Boticário

A grife gaúcha dos eletrodomésticos - Conheça a Venax, case do livro “100 Marcas do Rio Grande”

Aprendendo marketing com “De volta para o futuro” - Por que não existem ainda os skates voadores da ficção?

Aurora: o sabor de um eterno amanhecer - Conheça a vinícola, case do livro "100 Marcas do Rio Grande"

comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: