Hora de comprar imóveis é boa e ainda vai melhorar

A aposta é de Antonio Brown, sócio da consultoria XCare

Por Infomoney

Oferta de imóveis

O cenário atual não é nada bom para a economia brasileira. PIB negativo, inflação acima do teto da meta e cortes de gastos do governo se tornaram manchetes comuns para os brasileiros. Nesse cenário, chama a atenção ainda o preço dos imóveis que tem recuado seu ritmo de crescimento e já não apresentam mais valorização real, quando é descontada a inflação.

 

“A hora de comprar é boa e ainda vai melhorar”, aposta Antonio Brown, sócio da consultoria XCare Investimentos. Para o especialista, quem tem capital pode considerar comprar um imóvel como uma boa alternativa de investimento. “Existem várias construtoras fazendo promoções. Acho essa uma escolha bem interessante”, sugere Brown.

O especialista alerta que é necessário escolher um bom corretor de imóveis para identificar as melhores oportunidades. É preciso, também, optar por construtoras sólidas, para o caso de adquirir o imóvel na planta. Brown recorda que esse é um investimento de médio e longo prazo. “O ideal é comprar bem no momento de baixa e locar para vender futuramente”, sugere.

Em relação à renda fixa, Brown afirma que o momento é favorável para aplicações em títulos públicos e privados. Nesse caso, as melhores opções são os títulos públicos, os CDBs (Certificados de Depósito Bancário) e as LCIs (Letras de Crédito Imobiliário). “Para quem precisa de mais liquidez, os títulos públicos são a melhor opção, mas sempre tomando cuidado com a escolha do título. Já as LCIs e os CDBs são melhores para quem não precisa do dinheiro por alguns anos”, explica Brown. Como esses títulos são garantidos pelo Fundo Garantidor de Crédito até R$ 250 mil, o especialista recomenda diversificar investimentos acima desse teto.

A estratégia mais interessante dentro da renda fixa, hoje, é a de títulos prefixados, na opinião de Brown. “A taxa prefixada pode ser bem interessante agora, caso seja necessário escolher apenas uma estratégia”, relata. Além disso, vale lembrar que a estratégia prefixada é mais arriscada para o investidor que queira sair do título antes do vencimento – uma vez que pode sofrer a marcação a mercado e, eventualmente, embolsar prejuízos.

leia também

A Cetip é a ação de dividendos mais indicada para compra - Cinco corretoras recomendam o papel da empresa do setor financeiro

Ações da Petrobras fecham abaixo de R$ 5 pela primeira vez em 13 anos - O Ibovespa encerrou o dia no menor nível desde março de 2009, no auge da crise do crédito imobiliário nos EUA

Agora é hora de comprar ações de mineradoras - Morgan Stanley também aposta em papéis de mercados emergentes

América Latina ainda é destino de investimentos em 2015 - É o que pensa Venancio Castañon, executivo que estuda a região

Analista recomenda compra de ações da Localiza - Para Pedro Galdi, empresa pode ter um melhor desempenho no futuro

Angelus inaugura planta de R$ 10,4 milhões - Empresa de Londrina espera crescer 20% ao ano

comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: