Bono: Facebook rendeu mais dinheiro que a música

O fundo Elevation Partners acumulou US$ 1,5 bi com a rede social

Por Infomoney

Bono Vox, integrante da banda U2

O vocalista do U2, Bono (foto), já escreveu diversas músicas em sua bem-sucedida carreira – também ganhando muito dinheiro a partir da formação do U2. Porém, foi um outro grupo que engordou a conta bancária do cantor e compositor, conforme informa o Independent UK.

Um grupo de investimentos que ele formou há alguns anos garantiu mais dinheiro ao comprar ações do Facebook em 2009 do que em toda a sua história com a banda. Os relatórios mostram que Bono comprou 2,3% da rede social por cerca de US$ 86 milhões em 2009 e que, hoje, a fatia valeria US$ 1,5 bilhão. O grupo de investimentos é o Elevation Partners, que Bono criou junto com cinco sócios.

Mas ao contrário de alguns relatos, o investimento não fez dele o músico mais rico do mundo. Os cerca de US$ 1,4 bilhão serão divididos entre os seis sócios da Elevation Partners. Bono ainda está um pouco atrás de Paul McCartney e Madonna na lista das estrelas mais ricas do universo pop.

Quando o Facebook abriu seu capital em 2012, com as ações cotadas a US$ 38, a Elevation ganhou cerca de US$ 175 milhões. Até agora, os papéis mais que dobraram, valendo algo em torno de US$ 88. De acordo com o jornal, a estimativa é de que o retorno do grupo de investimentos como um todo desde 2009 seja mais que o dobro do que o vocalista e o U2 ganharam em toda a carreira. O U2 vendeu mais de 150 milhões de discos e a banda acumulou um patrimônio de mais de um US$ 1 bilhão. Com o Facebook, a Elevation Partners teria conseguido US$ 1,5 bilhão em seis anos.



leia também

A Cetip é a ação de dividendos mais indicada para compra - Cinco corretoras recomendam o papel da empresa do setor financeiro

Ações da Marcopolo podem valorizar mais de 50% - Fabricante de ônibus faz parte da carteira da Planner

Agora é hora de comprar ações de mineradoras - Morgan Stanley também aposta em papéis de mercados emergentes

Analista recomenda compra de ações da Localiza - Para Pedro Galdi, empresa pode ter um melhor desempenho no futuro

As prováveis consequências do plano do PMDB na Bolsa - Setor educacional pode desvalorizar e celulose se beneficiar

Ativa sugere cinco ações para comprar nesta semana - Recomendações são de empresas dos setores de energia e financeiro

comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: