Dólar fecha cotado acima de R$ 3,68

A moeda sofre os efeitos da preocupação com as contas públicas

Da Redação

Dólar alcança a cotação de R$ 3,68

O dólar segue a trajetória de alta dos últimos dias. Nesta terça-feira (1), a moeda norte-americana atingiu o maior patamar desde dezembro de 2002 ao bater, na máxima, R$ 3,7044. A divisa ainda sofre os efeitos da preocupação com o rumo das contas públicas do país. 

Ao final do dia, o dólar comercial registrou alta de 1,6%, cotado a R$ 3,6872, o maior valor em quase 13 anos. A causa para a elevação, de acordo com analistas, foi um forte movimento de compra de moeda por parte de estrangeiros.

O mercado também repercutiu nesta terça uma possível perda do grau de investimento depois do déficit anunciado pelo governo para 2016. O ministro da Fazenda, Joaquim Levy, estaria desconfortável diante da falta de apoio ao corte de gastos. Ele não respondeu em uma coletiva com jornalistas se continuaria no governo. Com isso, aumentaram os riscos de rebaixamento do rating do Brasil para abaixo do grau de investimento. 


leia também

Dilma diz que sofreu segundo golpe de Estado na vida - Ex-presidente afirmou que recorrerá contra o que chamou de “fraude”

A China fez o que o mercado queria - Corte de juros era algo esperado, mas ainda não é suficiente para ajudar na recuperação econômica, afirmam especialistas

A estabilidade do funcionalismo público é mesmo necessária? - O tema é particularmente importante no contexto de ajuste fiscal, avalia Zeina Latif

A punição virá das gôndolas? - A tentativa de boicote às marcas do Grupo J&F

A responsabilidade do Congresso - O cuidado com os recursos públicos e o respeito à restrição orçamentária deveriam ser valores da casa, opina Zeina Latif

A superfície e as profundezas da economia - Retomada poderá ser difícil dada a situação financeira empresarial

comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: