União volta a bloquear as contas do RS

A medida não afetará pagamento das parcelas do funcionalismo

Da Redação

Secretaria Estadual da Fazenda do Rio Grande do Sul

O governo federal voltou a bloquear nesta terça-feira (1) as contas do Rio Grande do Sul. A sanção foi comunicada pela Secretaria do Tesouro Nacional. A medida, segundo a Secretaria Estadual da Fazenda (foto), não afetará o cronograma de pagamento das parcelas da folha do funcionalismo. As contas ficarão bloqueadas até que a União consiga sequestrar R$ 265,4 milhões, total devido em setembro. A expectativa é de que o recurso possa ser captado até o dia 10, depois que entrar a primeira leva de ICMS do mês no Tesouro estadual e as verbas do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) e do Fundo de Participação dos Estados (FPE).

A Fazenda afirma que o pagamento das remunerações dos servidores não será afetado. O governo gaúcho enviará, até quinta-feira (4), o projeto que amplia o uso dos depósitos judiciais à Assembleia que deve ser aprovada na próxima semana. Com isso, deverá ser possível contar com R$ 1 bilhão a mais em caixa, o que possibilitará honrar as parcelas dos funcionários públicos. 


comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: