Vale a pena aceitar um cargo em outra cidade?

É importante ver se essa mudança ajudará você a chegar onde quer

Por Bernt Entschev

Cidade do Rio de Janeiro

Às vezes, as oportunidades surgem, mas não da forma como esperamos. Um convite de emprego pode vir de um lugar distante. Uma promoção pode ser acompanhada de uma transferência. Muitos profissionais hesitam em aceitar uma mudança de cidade, de estado ou até de país. Estão certos. Às vezes, vale a pena. Às vezes, não.

É fato que muitas funções importantes ficam próximas à matriz das empresas. São cargos de diretoria, das áreas de marketing, finanças e planejamento global. Afastar-se da matriz pode significar perder a oportunidade de assumir essas vagas, já que o distanciamento pode representar também uma perda de contato com as pessoas que decidem as contratações.

É natural que após alguns anos ausente, o profissional perca o contato com os amigos da cidade de origem. As empresas mudam muito rápido e a volta pode se tornar difícil – ou até impossível.

Por outro lado, há empresas nas quais o crescimento dentro da hierarquia passa por experiências diferenciadas, inclusive nas filiais. Eu mesmo passei por cargos em várias cidades na mesma empresa: Curitiba, Campinas, São Paulo, Porto Alegre, Aracaju, Salvador, Rio de Janeiro e Recife. Todos me ajudaram a alcançar um patamar relevante e as diversas situações ajudaram em aspectos profissionais ligados à flexibilidade e autonomia.

A mudança de cidade também inclui, na maioria das situações, a família. A vontade dela deve ser sempre considerada. Quem mora nos grandes centros, pode encontrar em cidades fora do eixo central mais qualidade de vida.  

Em todas essas situações, veja bem, não falamos em remuneração. Claro que uma melhoria salarial deve acompanhar a mudança. Mas isso não é o principal a ser considerado. Mais importante é olhar o futuro e ver se essa mudança vai ajudar você a chegar onde quer, tanto em termos profissionais quanto pessoais. Pense nisso ao tomar sua decisão.


leia também

Não há segredo nas Melhores Empresas para Trabalhar – SC - Blumenau receberá próximo evento de AMANHÃ e GPTW em agosto

"Carnaval à vista" - Embora reconheça a exuberância da festa carioca, é para o eixo Recife-Olinda que se voltam meus afetos

A consagração de quem valoriza - Evento premiou as 40 Melhores Empresas para Trabalhar no RS

A empresa vai quebrar. E agora? - A resposta não é simples, pois envolve algumas questões muito subjetivas

A hora e a vez dos colaboradores - Pesquisa de AMANHÃ e GPTW em SC recebe inscrições até 5 de setembro

A necessidade de controlar a internet nas empresas - O mau uso pode causar até mesmo demissão por justa causa

comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: